sexta-feira, 26 de junho de 2009

O poema que voltou.

SOBRE o chão que desgasto a sola
que participo do intrínseco princício comum
algo falta, não consigo achar
o caminho que te vai me levar

NÓS só temos o que podemos
não podemos tudo que tivemos
porque algo ainda falta
talvez na rocha mais alta

HÁ um tudo de Divino
cerceado pelo pó (que não o estraga)
redimindo, quando livre

O amor que me serves
recompensa só a um permitida
mais de cinco vezes tentei

MESMO que te ausentes no meu choro
sei que não querias

CÉU, faça me o favor,
não poupe estrelas, não permita as nuvens
declare ao meu amor
a verdade eterna e implícita:

SOBRE NÓS HÁ O MESMO CÉU.

L'amore non si conclude mai

terça-feira, 9 de junho de 2009

decida o que você quer fazer com ela.

Esse é o trailer do filme HOME (lar) que trata do assunto da conservação do nosso planeta. Até aí nada de mais, contudo uma novidade é que ele não será lançado nos cinemas. Ele já foi lançado, no Youtube! e tem versão em português, português de portugal, mas pra quem nao entende bem inglês já é uma boa, o pá! rs

sexta-feira, 5 de junho de 2009